Abdômen

Em muitos vertebrados, o abdómen (português europeu) ou abdômen, abdome (português brasileiro), vulgarmente designado de barriga, é uma parte do corpo situada entre o tórax e a pelve. No seu interior encontra-se a cavidade abdominal, que contém a maior parte das vísceras.

Nos artrópodes é a secção mais distal do corpo, situando-se após o tórax ou cefalotórax.[1] Em muitos dos animais restantes do grupo Bilateria, ou seja, aqueles que apresentam simetria bilateral, como os moluscos e vermes, o abdómen é igualmente parte do tronco, geralmente a parte posterior, onde se situa o ânus e, muitas vezes, órgãos de locomoção.

Índice [esconder]
1 No homem
1.1 Órgãos abdominais
1.2 Músculos da parede abdominal
1.3 Divisões externas da parede do abdômen
2 Referências
3 Ver também
No homem[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Abdômen humano
No ser humano, as paredes do abdómen são formadas e sustentadas em grande parte apenas por músculos, com excepção da parte posterior onde também existe uma infraestrutura óssea formada por vértebras, e de uma porção superior que inclui as costelas da 9ª à 12ª.

O abdómen contém uma grande cavidade, a cavidade abdominal, que se continua inferiormente como cavidade pélvica, e é separada superiormente da cavidade torácica pelo diafragma, embora este permita a passagem de estruturas tais como a aorta, a veia cava inferior e o esófago. Tanto a cavidade abdominal como a cavidade pélvica são revestidas por uma membrana serosa designada por peritoneu parietal, que é contínua com o peritoneu visceral que reveste os órgãos.[2]